Rubricas

Pokémon: Há 21 anos saíamos de Pallet Town

Escrito por Diogo Ventura

Foi em 1996 que os Pokémon aterraram nos ecrãs japoneses. Anos mais tarde, preparamo-nos para um novo lançamento na série, e nada melhor do que uma rápida viagem de Kanto a Hoenn, para recordar os títulos de Pokémon lançados para Game Boy e Game Boy Color.

Não há quem não conheça o nome e há até quem chame Pikachu a todos, mas a verdade é que – passados 21 anos – a série Pokémon continua em jogo e, no ano em que ficamos a conhecer o seu mais recente título, a marca resiste como ícone do Gaming em movimento, um posicionamento reforçado pelo forte – ainda que breve – impacto da app Pokémon Go.

Ao longo das próximas semanas, faremos uma viagem no tempo pelos primeiros jogos Pokémon a ganhar vida nos ecrãs de Game Boy e Game Boy Color. Partimos agora de Kanto, a região que nos deu a conhecer a série nos videojogos e no Anime.

 

Pokémon Red, Pokémon Blue e Pokémon… Green?

Contrariamente ao que muitos possam pensar, Pokémon Red e Pokémon Blue não foram o primeiro conjunto da série a chegar ao mercado. Nem foi tão pouco Pokémon Yellow. Os jogos que em 1996 abriram as portas a bem-sucedida série foram na verdade Pokémon Red e Pokémon Green, embora este último nunca tenha chegado a sair da região nipónica. Dois anos mais tarde, chegaram aos Estados Unidos da América Pokémon Red e Pokémon Blue, as versões da primeira Geração que alcançaram maior popularidade entre os fãs e que vemos ainda hoje procuradas e relançadas em novos formatos.

 

 

Quando todos queriam ter um Pikachu

O primeiro contacto do público com o Anime de Pokémon surgiu no ano de 1997. Por imaginar um conceito inexplorado, o Anime conquistou de imediato milhares de seguidores e conseguiu um impacto (que até hoje) é visível a nível cultural, social e tecnológico.

Em 1999 Pokémon Yellow chegou à América. Esta nova versão dos jogos anteriores, lançada inicialmente para Game Boy e mais tarde para Game Boy Color, introduziu como principal novidade o Pikachu como Pokémon inicial. A popularidade alcançada pelo Anime e pelo próprio Pikachu, que acabou por tornar-se uma marca e um ícone do Gaming e do RetroGaming, tiveram um papel fundamental na criação do conceito para o novo título, cujo sucesso consistiu essencialmente na possibilidade de assumir o papel de Ash Ketchum, protagonista do Anime, tendo um Pikachu como principal companheiro de viagem.

 

 

Estas quatro versões de Pokémon entraram no mercado antes do ano de 2000, mas algumas foram redesenhadas e editadas mais tarde em novos formatos e para novas plataformas.

Em novembro serão lançados os dois novos títulos da série, Pokémon Ultra Sun e Pokémon Ultra Moon, que permitem voltar a explorar a região de Alola, na companhia dos Pokémon da sétima geração. Por aqui, eu vou recordando os títulos que ao longo dos anos abriram caminho para que em 2017, a série Pokémon possa ainda dar cartas e a ser um sucesso a nível mundial.

Hoje foi em Kanto, daqui a uns dias será em Johto. Encontramo-nos pelo caminho.

Sobre o autor

Diogo Ventura

Praticamente toda a minha família é alentejana, mas eu fiz um desvio e fui nascer a Vila Franca de Xira. Ainda assim, passei algum tempo da minha infância no Alentejo, o que fez com que me apaixonasse por aquela que considero ser uma das mais bonitas regiões de Portugal.
Licenciei-me em Publicidade e Marketing, pela Escola Superior de Comunicação Social, mas interesso-me por muitas outras áreas como o Jornalismo, a Televisão, a Rádio e o Cinema. Gosto de ler, escrever, ouvir e contar histórias. Na minha opinião, os contos, as histórias e todas aquelas fábulas que bem conhecemos não são apenas para as crianças, mas também para os adultos. Para mim, uma história bem contada é a melhor forma de ilustrar uma ideia ou uma teoria e de transmitir um pensamento.
Acredito que a humildade não é, de forma alguma, inimiga do sucesso e que, independentemente da idade, da escolaridade ou da profissão, todos nós temos algo a aprender com os outros e alguma coisa para ensinar a quem nos rodeia.

Deixe um comentário