Dia Num Minuto Rubricas

Dia Num Minuto – 5 de dezembro de 2016

Escrito por Ariana Nobre

Acordou à pressa, a pausa para o café foi demasiado curta e não conseguiu folhear o jornal. Os dias correm cada vez mais rapidamente e sente que não está a par do que acontece em Portugal e no Mundo? Leia os acontecimentos que hoje foram notícia.

O primeiro-ministro francês candidata-se a Presidente

Valls irá suspender as suas funções enquanto primeiro-ministro, a partir de amanhã, pois anunciou a sua candidatura às eleições presidenciais em França, em 2017. No seu discurso, Valls afirmou querer unir a esquerda francesa porém, apesar de favorito à esquerda, nas sondagens o ainda primeiro-ministro francês aparece em terceiro. Afirmou que “não quero que França reviva o trauma de 2002 com a extrema-direita na segunda volta” das eleições presidenciais.

Presidente italiano pede a Renzi que se mantenha em funções

Depois de Renzi ter anunciado a sua demissão seguida da vitória do Não no referendo constitucional de domingo, Sergio Mattarella, Presidente italiano, pediu esta segunda-feira que adiasse a sua demissão até que o Parlamento aprove o Orçamento para 2017. Após a reunião de hoje, Renzi comunicou ao Presidente que não tinha condições de continuar a desempenhar o presente cargo.

Menina que relatava a guerra na Síria em perigo de vida

A conta no Twitter de Bana Alabed, que relatava a guerra em Aleppo, foi hoje reativada depois de ter ficado indisponível ontem. Tal sucedeu depois da família saber da aproximação dos rebeldes do lugar onde vivem. A mãe publicou apenas, esta segunda-feira – “Estamos a ser atacados. Não temos para onde ir. Cada minuto parece a morte. Rezem por nós. Adeus.” O paradeiro da criança e da família continua desconhecido.

O carro mais caro de sempre leiloado para solariedade

O carro mais caro do século XXI, o último LaFerrari, foi leiloado por sete milhões de dólares. A iniciativa solidária partiu da marca de Maranello, e pretende ajudar as vítimas dos sismos que destruíram recentemente o centro de Itália. A venda foi feita à canadiana RM Sotheby’s, que abdicou da sua comissão.

Sobre o autor

Ariana Nobre

Gosto da linha da frente, de quem me afervente. É o impulso que me elege, o fogo que me correge. Aprecio a energia, o movimento, a euforia, a loucura que Campos elegia nos poemas que escrevia. É a escrita que me motiva, ingénua ou agressiva. É sugestiva e abrasiva, o mundo amado de forma compulsiva.

Deixe um comentário