Dia Num Minuto

Dia num Minuto: 27 de Novembro

Escrito por Ana Rita Caldeira

Acordou à pressa, a pausa para o café foi demasiado curta e não conseguiu folhear o jornal. Os dias correm cada vez mais rapidamente e sente que não está a par do que acontece em Portugal e no Mundo? Leia os acontecimentos que hoje foram notícia.

António Domingues demite-se da CGD

antonio_dominguesAntónio Domingues demitiu-se da presidência da Caixa Geral de Depósitos, depois de ter sido aprovada pelo Parlamento uma alteração legislativa que obriga a administração do banco a apresentar a declaração de rendimentos e património no Tribunal Constitucional. O Governo já reagiu, através de um comunicado emitido pelo Ministério das Finanças, dizendo que “lamenta”. “A renúncia só produzirá efeitos no final do mês de Dezembro. Muito brevemente, será designada, para apreciação por parte do Single Supervisory Mechanism, uma personalidade para o exercício de funções como Presidente do Conselho de Administração da CGD”, lia-se também no comunicado. Foram várias semanas de polémicas relacionadas com António Domingues, que abandona agora a gestão da CGD menos de três meses depois de ter iniciado funções.

Fillon será candidato nas presidenciais francesas

frança_pixabayFrançois Fillon será o candidato do centro-direita nas próximas eleições presidenciais francesas. Contados os votos de mais de 90% das mesas de voto, o ex-primeiro-ministro francês vai na frente nas primárias do centro-direita, com 67% dos votos, contra os 33% do adversário, Alain Juppé. “Alcancei a vitória, uma vitória de fundo baseada em convicções. Há três anos que traço o meu caminho ouvindo os franceses, com o meu projeto e com os meus valores. A minha iniciativa foi compreendida, a França não suporta o seu abandono. A França quer a verdade e a França quer atos”, disse Fillon no discurso de vitória, acrescentando: “François Hollande denegriu a função presidencial e há que restaurá-la”. Nas eleições presidenciais de abril, Fillon terá de enfrentar o candidato das esquerdas, que será conhecido em Janeiro, e a líder da extrema-direita, Marine Le Penn.

Nico Rosberg é campeão mundial de Fórmula 1

Nico Rosberg sagrou-se campeão mundial de Fórmula 1 este domingo, depois de ter ficado em segundo lugar no Grande Prémio, em Abu Dhabi. Só precisava de ficar em terceiro lugar para vencer o prémio, que o pai, Keke Rosberg, conquistou há 34 anos. O piloto alemão, ao volante de um Mercedes, ficou atrás de Hamilton, campeão mundial de 2008, mas, feitas as contas do campeonato, somava mais 5 pontos que Hamilton, o companheiro de equipa. Em terceiro lugar ficou Daniel Ricciardo.

Sobre o autor

Ana Rita Caldeira

Vivo e estudo em Lisboa, mas o meu coração está em Albufeira, perto da minha família, das praias, do sol, do silêncio, dos meus 6 cães e 2 gatos.
Sou fã de Gabriel García Marquez, de José Saramago, de escrever, de descobrir, de viajar, do Sporting, de jogar voleibol, de esplanadas e programas de culinária.
Como Ardina, quero conseguir produzir o que não vejo nos jornais portugueses e tornar o jornalismo um mundo menos assustador.

Deixe um comentário