Cultura

O Ardinas 24 foi à Holanda por uma noite

O ardinas24 esteve no festival holandês, dia 10 de Novembro, e teve a oportunidade de assistir a quatro concertos de artistas portugueses. No segundo dia do festival, estiveram presentes Surma, WE BLESS THIS MESS, DJ Ride, e SUPER PITCH .

O ARDINAS 24 esteve no festival holandês Eurosonic no passado fim-de-semana e teve a oportunidade de assistir a quatro concertos de artistas portugueses. No segundo dia do festival, estiveram presentes Surma, We Bless This Mess, DJ Ride e SUPER PITCH .

Débora Umbelino foi a primeira a subir a palco. Tem 21 anos, é de Leiria e apresentou-se ao público como SURMA. A sua música remete os ouvintes para uma viagem pelos sentidos guiada pela artista. Este é o seu projecto a solo, onde domina as teclas, samplers, cordas, vozes e loop stations. Viajando entre vários estilos musicais, consegue misturar o jazz com o post-rock, electrónica, noise e por vezes leva-nos a um estado de incerteza quanto ao que estamos a ouvir. As paisagens podem ser desconhecidas, mas a artista consegue transmitir muito prazer na viagem.

Seguiu-se WE BLESS THIS MESS, um projecto a solo de Nelson Graf Reis, que, através de uma influência punk-rock, reinventa a música folk e o acústico. Nelson apostou sempre na mensagem positiva associada à sua música, muitas vezes ao lema do “Carpe Diem”. “We breathe, we are alive. This is the greatest gift.”.

Em terceiro subiu ao palco DJ RIDE. Com dez anos de experiência e diversos títulos, o DJ subiu ao palco com uma atitude muito positiva e tentou comunicar com o público. Notou-se uma preocupação quanto ao entretenimento do público presente com projecções de excertos de filmes e séries que compunham a atuação e proporcionavam momentos de nostalgia e empatia entre o público e o artista. Toda a atuação foi marcada pela positividade do DJ, que comunicou frequentemente com o público. 

Para terminar, SUPER PITCH fechou o dia do festival trazendo três convidados: Straka, SwitchSt(d)ance e Tiago Nabais. Estas parcerias  visaram abrir os horizontes dos ouvintes mais distraídos. SwitchSt(d)ance encheu o ambiente com sonoridades complexas, visitando e criando sons exóticos. Por fim, Tiago Nabais, com selo Lx Music, que realizou a sua última apresentação como Master Soul preparando-se agora para percorrer novos caminhos.

A plataforma WHY Portugal aliou-se a este festival europeu considerado uma grande plataforma de lançamento de novos valores musicais e promoveu diversos talentos nacionais e internacionais.

O festival dura até dia 10 de dezembro e o preço dos bilhetes varia entre 5€ a 15€.

Fotos: Joana Bento e Ana Catarina Araújo

Sobre o autor

Ana Catarina Araújo

Deixe um comentário