Dia Num Minuto Rubricas

Dia Num Minuto: 5 de novembro

Escrito por Jessica de Sousa

Acordou à pressa, a pausa para o café foi demasiado curta e não conseguiu folhear o jornal. Os dias correm cada vez mais rapidamente e sente que não está a par do que acontece em Portugal e no Mundo? Leia os acontecimentos que hoje foram notícia.

forca-aereaaSeis militares da Força Aérea suspeitos de corrupção ficaram em prisão preventiva

Os seis militares detidos por suspeita de corrupção passiva, falsificação de documentos e associação criminosa num processo relacionado com o fornecimento de bens alimentares à Força Aérea ficaram hoje em prisão preventiva.

Segundo informação prestada pelo tribunal de instrução, os militares ficaram sujeitos a prisão preventiva e a termo de identidade e residência depois de o juiz considerar que se verificavam os perigos de “perturbação do decurso do inquérito e de continuação da atividade criminosa”.

Na quinta-feira, a Polícia Judiciária (PJ) esclareceu que a atividade criminosa consistia na faturação de géneros alimentícios fornecidos à Força Aérea por um valor muito superior ao dos bens efetivamente fornecidos, sendo a diferença posteriormente distribuída, entre as empresas fornecedoras e os militares envolvidos neste esquema.

O esquema fraudulento, ainda de acordo com a PJ, pode ter lesado o Estado em cerca de 10 milhões de euros.

Governo admite não fazer mais pagamentos antecipados ao FMI este anofmi

O Ministério das Finanças admitiu hoje que Portugal poderá não fazer mais pagamentos antecipados ao FMI este ano para manter as reservas financeiras confortáveis, quando prepara a injeção de capital na Caixa Geral de Depósitos (CGD).

“Nos pressupostos considerados na elaboração do OE [Orçamento do Estado] 2017, o Governo assumiu um cenário conservador. Neste cenário considerou-se que não seria amortizada antecipadamente mais nenhuma tranche do empréstimo do FMI até ao final do ano corrente”, disse à Lusa fonte oficial do Ministério das Finanças, depois de a agência France Presse ter noticiado hoje que o Governo português não reembolsará antecipadamente os 6,6 mil milhões de euros previstos até final de dezembro.

web-summit-2015-3Web Summit: Governo lança campanha “This is Portugal” para atrair empreendedores

O secretário de Estado da Indústria lançou hoje na Ericeira (Mafra) a campanha “This is Portugal” para dar a conhecer o país e os incentivos existentes, como 400 milhões de financiamento disponível, para atrair empreendedores.

“Portugal é um país com milhares de anos na descoberta do empreendedorismo. Com a fixação de universidades no século XVIII, a globalização e o estabelecimento de redes de negócios pelo mundo fora, temos uma identidade cultural única de abertura para o mundo”, é a mensagem que, segundo o secretário de Estado da Indústria, Portugal quer fazer passar aos participantes na Web Summit.

No âmbito da conferência global de tecnologia Web Summit, Portugal quer dar-se a conhecer como um país para instalar empresas tecnológicas, ‘startups’ e investidores.

Sobre o autor

Jessica de Sousa

Mais tarde direi que com 19 anos tomei a decisão mais perigosa da minha vida. Eu, pessoa que não lida bem com “voos muito altos”, que está sempre de pés assentes na terra, meti-me num avião e vim em busca de algo que não sabia se era capaz de conhecer. Com medo, da Madeira para Lisboa vim sem experiência, sem certezas, sem amigos, sem família. Hoje tenho isso tudo e mais ainda. Tenho sonhos.
Já quis a todo o custo seguir medicina. Quis também ser socióloga. Na ânsia de querer melhorar a sociedade, quero ser jornalista. Sou apaixonada pela escrita e pela literatura, pela informação, por histórias, por vidas. Talvez seja esta a maneira mais estranha de ser médica de uma coisa que me fascina: o mundo.

Deixe um comentário