Desporto

Jornada Num Minuto: Especial Seleção

Escrito por Sofia Costa Lima

Não houve jogos da Primeira Liga mas houve jogos para o apuramento do Mundial 2018. A seleção nacional jogou na sexta-feira e na segunda-feira e o resultado não podia ter sido melhor! Contamos-lhe tudo o que se passou nos dois jogos da equipa campeã da Europa.

À meia-dúzia é mais barato!

portugal-vs-andorra

Pode dizer-se que este foi o fim-de-semana dos 6-0 para a seleção principal portuguesa. Na sexta-feira, a jogar em Aveiro, os portugueses venceram a seleção de Andorra por 6-0, com Cristiano Ronaldo a fazer o primeiro poker pela seleção. Ronaldo marcou aos 2 e aos 4 minutos e João Cancelo fez o terceiro golo aos 44 minutos da primeira parte. Na segunda parte, Ronaldo voltou a marcar logo aos 47 minutos e repetiu a proeza aos 68. André Silva fechou o marcador ao minuto 86. Pelo meio, Victor Rodríguez, de Andorra, levou cartão amarelo aos 27 minutos e acabou por ser expulso ao 62. Ainda da seleção de Andorra, Jordi Rubio levou amarelo aos 53 e Ildefons Lima aos 85. Nessa altura já Andorra tinha ficado com menos outro jogador em campo: Marc Rebés, que levou cartão vermelho directo aos 70 minutos. Na seleção portuguesa, só Pepe levou cartão e foi amarelo, aos 35 minutos.

andre-silva-e-cristiano-ronaldo

Já no jogo em casa das Ilhas Faroé, o resultado foi igual, mas, desta vez, foi André Silva a brilhar na lista de marcadores, ao fazer o seu primeiro hat-trick. André Silva marcou aos 12, 22 e 37 minutos da primeira parte. Na segunda parte, Cristiano Ronaldo marcou aos 65 minutos e o resultado foi fechado já nos descontos, com João Moutinho a marcar aos 90+1 e João Cancelo aos 90+2. Pepe voltou a ver cartão amarelo, aos 60 minutos, e também José Fonte viu amarelo aos 39. Nas Ilhas Faroé só Atli Gregersen viu amarelo, aos 59 minutos.

Fotos: Facebook oficial das Seleções de Portugal

 

Sobre o autor

Sofia Costa Lima

1994 foi um ano bom: estreou o Pulp Fiction, o Rei Leão e FRIENDS, e foi o ano em que os Muse se formaram. A par de tanta coisa boa, nasci eu, numa aldeia chamada Fiães, no interior do país, onde algumas operadoras continuam a não ser uma boa opção para redes móveis.
Em 2016 licenciei-me em Jornalismo, na Escola Superior de Comunicação Social, em Lisboa, onde colaborei em alguns dos núcleos extracurriculares. Pelo meio publiquei dois livros e comecei a escrever mais de uma dezena deles, que nem sempre terminei. Tenho um blog, sou adepta do FC Porto e dona de uma cadela espetacular.
Continuo a acreditar numa versão de mim que vai viajar pelo mundo, ler muitos livros e ver ainda mais concertos. Até lá, é possível que me encontrem sempre com fones por perto.

Deixe um comentário