Agora por Portugal

Após vos contarmos toda a nossa experiência pela Ásia, desde os países que visitámos, as aventuras que vivemos, as despesas que tivemos e por aí fora, hoje o registo vai ser diferente. Hoje contamo-vos como é voltar a casa após oito meses fora, tão longe, num continente tão distinto!

Como sabem, nunca tivemos nem queremos ter grandes planos e, por isso também, quando embarcámos na viagem com apenas um bilhete de ida, não saberíamos quanto tempo ficaríamos. Mas também não sabíamos quanto tempo ficaríamos por Portugal quando regressássemos.

Agora sabemos… Ficámos mais do que devíamos! Mas com umas viagens pelo meio não faz tanto mal. Dizemos mais do que devíamos, porque quem viaja sabe que isto se torna uma adição. E nós já só queremos explorar todos os dias novamente!

Contudo, isto é uma emoção mista: quando cá se está, quer-se ir; quando lá se está, tem-se saudades de cá estar! Por isso é que quando a mãe da Matilde chegou da sua grande viagem (incutida pela Matilde) bastou-lhe estar cá uns dias até nos perguntar porque é que não a avisámos antes de que, assim que se começa a viajar, nunca se está bem em lado nenhum. Isto foi um momento hilariante para nós, mas que, na verdade, é um comentário que nos fez muito sentido. Nós também já nos sentimos assim. Descobrimos que a nossa solução era o viajar constante, e felizmente a nossa opção de vida agora permite-nos viver assim! E assim estamos bem!

Matilde no Poço Azul, no Gerês

Dentro deste viajar constante, também se inclui o voltar a casa, o que, para nós, é essencial. Então assim foi: após oito meses e muitas chamadas de vídeo, lá estávamos nós a abraçar novamente os nossos pais e todos a chorar como se tivéssemos estado anos fora!

As primeiras semanas, como podem calcular, são de reabituação aos hábitos antigos, que outrora foram os únicos que tivemos toda a vida. Voltar a comer comida não picante, voltar a usar papel higiénico (calma! Nós limpávamo-nos – mas com água!), voltar a ter rotinas familiares, voltar a conduzir um carro, etc.

Tudo isto soa a novo, e costumamos dizer que o nosso corpo e os nossos cérebros já devem estar chateados connosco, pois o habitual já começa a ser não habitual, e vice-versa. Mas nós gostamos assim! Na verdade, já temos saudades de alguns hábitos que adquirimos na Ásia, como o fazer refeições de apenas fruta (o que aqui seria só estranho para muitos), ou de estar horas dentro de água quente. A temperatura é realmente o que mais nos tem custado, pelo menos agora, que está frio em Portugal. Para nós é como se todos os dias estivessem graus negativos! Há um ano que não tínhamos Inverno e o nosso corpo estava bem feliz assim.

A verdade é que já estamos em Portugal, há cinco meses. Temos aproveitado para conhecer muito do nosso país e estamos rendidos à beleza deste país maravilhoso! Temos o privilégio de ter tudo, praias (das mais bonitas que já vimos), montanhas, neve, cidades lindas, etc. Então estes meses têm sido de conhecimento do nosso país. A nossa primeira descoberta foi para o Norte! Fomos ao Gerês e ficámos rendidos!

https://www.instagram.com/p/BnENYXCHSfi/

O Gerês é um, ou até mesmo O, tesouro de Portugal! Natureza única, onde o homem não interveio! Explorámos o Gerês durante uma semana e, claro, ficámos a acampar, o que faz todo o sentido. Gerês é viver rodeado de natureza durante 24 horas por dia, e é mágico. Uma das coisas que adorámos foi o ter acesso a água pura e fresca a cada metro.

Gerês é um destino de purificação, onde sentimos o nosso corpo a purificar… São caminhadas diárias, mergulhos em águas geladas e o contacto constante com a natureza!

Se ainda não foste ao Gerês, nós aconselhamos-te a ir e, se ainda não te convencemos, espreita as seguintes fotografias que lá tirámos e convece-te a ti próprio/a!

Fica atento, no próximo artigo partilhamos o nosso destino seguinte em Portugal.

Com amor,

Matilde e Miguel.

PS: Amanhã é a Black Friday e nós vamos mostrar-te três dicas de como poupar dinheiro e tirar a maior vantagem deste evento! Fica atento à nossa página do Facebook que amanhã desvendamos estas três dicas!

Sobre TravelB4Settle 30 artigos
Somos a Matilde e o Miguel, um casal de portugueses que deixou tudo para trás e decidiu seguir o sonho em comum! E que sonho é esse? Viajar a tempo inteiro e explorar todo o mundo enquanto trabalhamos online! Não, não somos especialistas em tecnologia e nunca fizemos nada online, mas, hoje em dia, tudo aquilo de que precisas é conexão à internet e uma forte vontade. Assim, podes aprender qualquer coisa e consegues o que quiseres! E isto foi o que fizemos: virámos as costas à sociedade e ao caminho tradicional (imposto por esta) e lançámo-nos nesta aventura com o objetivo principal de ajudar todos os que têm o mesmo sonho que nós! Estamos nas grandes redes sociais como “Travelb4Settle” e agora estamos no ARDINAS 24 a partilhar as nossas experiências e conhecimento sobre o mundo que andamos a descobrir! O online e o planeta terra!

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.