A Sombra de Spyro: 10 Anos Depois

Dez anos passaram desde que Spyro aterrou pela última vez nas habituais plataformas da – quase épica – saga com o mesmo nome. Desde então, fãs e seguidores deste pequeno dragão roxo aguardam lançamentos, relançamentos, notícias ou sinais de fumo, numa espera que chegou para ficar, mas que, certa e felizmente, não passa deste ano.

Fazendo as contas (e que contas complicadas!), foi em 2008 que o mais recente título de Spyro, The Legend of Spyro: Dawn of the Dragon, fechou a primeira – e até agora última – década da saga, originalmente publicada para PlayStation no final de 1998, com o título Spyro The Dragon.

Após dez anos de incansáveis e consecutivos lançamentos, numa rápida, mas extensa lista que soma mais de uma dezena de títulos,
o pequeno Spyro levantou voo e não voltou a fazer sombra (ou fumo) por muito tempo, deixando sempre uma leve e diluída expectativa no ar, apesar do seu pouco discreto aparecimento na série Skylanders, algo que, para quem cresceu com o Spyro original, não é propriamente a mesma coisa… e nem sequer é uma coisa séria.

Recordo-me das tardes de verão (e não só) a jogar Spyro the Dragon, e reconheço que foi um dos muitos jogos que despertaram em mim, desde cedo, o interesse pelo Gaming e por este vasto (mas até então pequeno) mundo de estratégia, técnica e criatividade.

 

 

A verdade, entre as muitas verdades que por norma abrem caminho a novos lançamentos, é que esta morosa década de ausência está prestes a terminar, uma vez que frescas e novas – ou não tão frescas e novas – surpresas estão para chegar. À semelhança do aguardado e bem-sucedido regresso, no verão do ano passado, de Crash Bandicoot, cujos primeiros títulos foram redesenhados e relançados para PlayStation 4, também Spyro chega em breve, em Spyro Reignited Trilogy, com uma nova imagem e com os seus três originais novamente trabalhados em termos audiovisuais e – esperamos nós – muito mais.

 

 

Spyro Reignited Trilogy tira do baú e traz de volta os primeiros três títulos da série: Spyro the Dragon (PlayStation, 1998), Spyro: Ripto’s Rage! (PlayStation, 1999) e Spyro: Year of the Dragon (PlayStation, 2000), num ambiente gráfico dentro do estilo de há vinte anos, mas com muito melhor definição, traços e cores mais definidos e com uma interface que promete momentos nostálgicos, mas com uma jogabilidade evoluída e atual.

Spyro Reignited Trilogy tem lançamento marcado para o dia 21 de setembro, ficando disponível nas plataformas PlayStation 4 e Xbox One.

Sobre Diogo Ventura 104 artigos
Cedo percebi que o meu caminho passaria pela criatividade e pela imaginação. Comecei com desenhos e rabiscos, passei a pequenas histórias e mais tarde cheguei à publicidade e às peças de humor. Foi também desde cedo que dei por mim a mergulhar no mundo dos videojogos, quase antes de começar a andar - até porque, quando jogava, jogava sentado. Anos mais tarde, licenciei-me em Publicidade e Marketing e trabalho há algum tempo na área do Marketing e da Criatividade Digital. No Ardinas 24, já escrevi e opinei, e sou agora autor da rubrica semanal Bonus Stage, um pequeno espaço sobre videojogos e o mundo do Gaming.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.