Kingdom Hearts III: 16 anos mais tarde

Magia, ação e pequenos grandes mistérios por revelar sustentam e dão vida ao enredo da série Kingdom Hearts há mais de 16 anos. Agora – em 2018 – uma nova aventura está prestes a aterrar num Mundo onde os gráficos são outros, as expectativas estão altas e a sede por novidades é cada vez maior.

Estávamos em 2002 – alguns de vocês se calhar ainda não estavam, mas ficam agora a saber da história – quando o primeiro título de Kingdom Hearts foi lançado, inicialmente no Japão (no início do ano) e mais tarde na América do Norte, chegando à Europa e à Austrália no final do ano. E – digo eu – por estarmos apenas em 2002, Kingdom Hearts não deixou ninguém indiferente: os críticos renderam-se à arte e à narrativa do jogo e jogadores por todo o mundo embarcaram numa viagem mágica que parece continuar ainda longe de terminar.

Afinal, uma coisa é certa: como pode alguém resistir a um jogo que combina um enredo épico e fantástico com dezenas de personagens do universo Disney num ambiente gráfico e musical praticamente perfeito? A magia de Kingdom Hearts é precisamente esta: envolvente de tão simples que é, nostálgica e de uma notória e impecável sensibilidade estética e emocional.

 

 

O sucesso que Kingdom Hearts alcançou foi suficiente para que, ao longo destes últimos 16 anos, fossem lançados (e relançados) 15 novos títulos, sendo que o mais recente Kingdom Hearts, Kingdom Hearts III, foi anunciado já para este ano.

 

Kingdom Hearts III

Se nos habituámos a Mundos nascidos dos Clássicos, como o Olimpo e o País das Maravilhas, conhecendo-os, em certos casos, como as palmas das nossas mãos, Kingdom Hearts III parece tentar romper com essa mesma tendência, transparecendo que a ação acaba por se estender a títulos mais recentes e a obras Disney Pixar, passando por Toy Story, Entrelaçados e Monstros e Companhia.

 

 

Se, tal como eu, são fãs de videojogos, ação e mistério e do universo Disney, não vão querer – mesmo – perder este novo Kingdom Hearts III. A data de lançamento ainda não foi divulgada, mas o jogo será lançado para Xbox 360 e PlayStation 4, algures durante este ano. Resta-nos esperar para ver… e jogar, claro!

Sobre Diogo Ventura 103 artigos
Cedo percebi que o meu caminho passaria pela criatividade e pela imaginação. Comecei com desenhos e rabiscos, passei a pequenas histórias e mais tarde cheguei à publicidade e às peças de humor. Foi também desde cedo que dei por mim a mergulhar no mundo dos videojogos, quase antes de começar a andar - até porque, quando jogava, jogava sentado. Anos mais tarde, licenciei-me em Publicidade e Marketing e trabalho há algum tempo na área do Marketing e da Criatividade Digital. No Ardinas 24, já escrevi e opinei, e sou agora autor da rubrica semanal Bonus Stage, um pequeno espaço sobre videojogos e o mundo do Gaming.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.