Dia Num Minuto – 28 de julho de 2016

DiaNumMinutoHEADER

A vida passa e nem sempre somos capazes de apreciar os momentos que vivemos. Muito menos somos capazes de perceber como, ao mesmo tempo que corremos desenfreadamente ao longo do dia para realizarmos todas as tarefas que temos sobre os ombros, o mundo vai passando também, ao seu ritmo frenético, indiferente à nossa existência. Será que sabe o que aconteceu hoje, em Portugal e no Mundo? Antes de adormecer, leia num minuto os acontecimentos que marcaram este 28 de julho de 2016.

José Sócrates vai processar o Estado

Fonte: Wikimedia/LUSA
Fonte: Wikimedia/LUSA

José Sócrates voltou a acusar hoje o Ministério Público de nunca ter apresentado provas que justificassem a sua detenção, baseada, segundo sugeriu, por “motivações políticas”. Disse o ex-Primeiro Ministro que o Estado quis impedi-lo “de ser candidato a Presidente da República e de ter uma voz pública” e, por isso, Sócrates anunciou que vai processá-lo. As declarações do antigo líder socialista surgem como resposta à entrevista dada por Amadeu Guerra, diretor do DCIAP, a respeito da Operação Marquês.

 

Mário Centeno exige congelamento de salários

O Ministro das Finanças pediu aos vários serviços da Administração Pública para não aumentarem salários em 2017. A instrução está de acordo com aquilo que foi escrito no Programa de Estabilidade enviado a Bruxelas, no qual o Governo reconhece não ter meios financeiros para proceder a alterações nos salários dos funcionários públicos.

Avaliação ao FMI identifica erros nos programas de assistência financeira

ChristineLagarde_FMI_21dejulho2016_FacebookChristineLagarde
Facebook Christine Lagarde

O Gabinete de Avaliação Independente do FMI reconheceu hoje, através de um relatório, que os programas de assistência à Grécia, Portugal e Irlanda tiveram bastantes falhas, nomeadamente pela forma incorreta como foram medidos os impactos que as políticas de austeridade poderiam ter nas economias dos três países. O organismo também critica o facto de os programas não terem impedido que a dívida pública destes países continuasse a crescer. O Gabinete considera, no entanto, que a rápida intervenção do FMI conseguiu evitar que outros países da Zona Euro afundassem por efeito de contágio.

Rei de Espanha convida Rajoy a formar governo

FelipeVI_MarianoRajoy_Espanha_28dejulho2016_CasaRealEspanhola
Fonte: Casa de S.M. el Rey

Felipe VI de Espanha convidou hoje o vencedor das últimas eleições legislativas espanholas, Mariano Rajoy, a formar governo. O líder do Partido Popular aceitou a missão que lhe foi atribuída e garante que vai tentar formar governo, algo que não conseguiu depois de ter vencido as eleições anteriores. Rajoy vai apostar na negociação com os partidos “constitucionalistas” para alcançar “os acordos de que Espanha precisa”.

Sobre Gonçalo Esteves Coelho 363 artigos
Sou um poço de contradições. Não gosto de falar mas sou jornalista. Adoro escrever mas cada vez leio menos. Sou sereno mas não consigo resistir a soltar a minha alegria quando escuto música popular. Não gosto do calor mas adoro o mar português, a sua frescura, o seu sal, as histórias que tem para nos contar. Odeio tomar decisões e, no entanto, sou o CEO deste projeto. Nasci em Lisboa, há 21 anos. O meu coração, vermelho e verde, bate por Portugal e por todos aqueles em cujas veias corre igual amor a este país, à nossa gente, à nossa cultura. Vivo perto de Sintra, esse livro de História a céu aberto, em cujos recantos gosto de me perder. Adoro museus, palácios, castelos e igrejas. Regressei ao Ensino Superior e lancei-me numa nova aventura, sem a qual não conseguiria realizar-me totalmente: o estudo da História. Em pequeno, havia quem me dissesse que iria ser jornalista. Também me diziam que deveria ser professor de História e que tinha tudo para ser um novo José Hermano Saraiva. Se calhar sou muito transparente naquilo de que gosto, ou então essas pessoas conheciam-me muito bem. Acertaram. O que virá depois eu não sei. Escolha que caminho escolher, terei de ser eu próprio. Sempre.

Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.